índice02.jpg

 

Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Mais de 103 famílias Sem Terra ocuparam na madrugada desse último sábado (21), a fazenda Lagoa das Tábuas, de três mil hectares, localizada no município de Iramaia, na região da Chapada Diamantina.
Abandonado e sem nenhum tipo de produção, os Sem Terra afirmam que o latifúndio é improdutivo e precisa ser desapropriado para fins de Reforma Agrária.
“Encontramos uma estrutura de sede sem cuidados e os pastos, aonde provavelmente existiam gados, estavam cheios de mato. A fazenda está abandonada, sem cumprir sua função social, por isso precisa ser desapropriada, já que temos um número grande de famílias que precisam trabalhar na terra para tirar o seu sustento”, afirmou a direção do Movimento na região.
Assim que chegaram no terreno, as famílias começaram montaram acampamento, reivindicando o avanço da pauta da Reforma Agrária no estado. Até o momento, o latifundiário não se manifestou e os trabalhadores Sem Terra continuam na área resistindo.

 

índice03.jpg

 

Retomada
Segundo o MST no estado, a ação faz parte das lutas contra o golpe e em defesa da Reforma Agrária, bandeiras de lutas também pautadas pela Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo.
O MST junto aos movimentos destaca que jamais irá reconhecer o governo golpista de Temer. “Repudiamos o atentado aos direitos historicamente conquistados da classe trabalhadora e o retrocesso nas políticas sociais que está em curso no Brasil”, afirma a direção do Movimento.