Fortunati, Manuela e a Força da imagem do PT

Acabo de ler materia no SUL21, repercutindo  a Pequisa Data Folha Zero Hora para a Prefeitura de Porto Alegre. Fortunati aparece na Frente e Manuela em segundo. Estão com mais de 30%. Já o Villa, do PT, aparece com 3%. Mas, contraditoriamente, ou não, o PT é o preferido de 20% do eleitorado. O PDT e o PCdoB sequer são mencionados na matéria. O PT é o único partido que tem a simpatia de parcela majoritaria da população, para muito além de  projetos e interesses pessoais. O PT tem projeto estratégico. E este projeto muda a história e a economia do país e melhora as condições de vida das pessoas em Porto Alegre e no Brasil. É assim no Brasil inteiro. A gente pode ver isto neste outro post a-forca-da-imagem-do-pt. 

É perceptivel a parcela significativa da sociedade a importäncia dos partidos políticos.E os que percebem, querem o PT. Mas ao mesmo tempo pensa em votar em candidatos de outros partidos. Do ponto de vista do episódio eleitoral, cabe ao PT ter a habilidade necessária para vincular a imagem do candidato a esta força da imagem do PT. Associar a imagem do Villa com a história militante do PT em Porto Alegre é fundamantal. Foi por causa desta capacidade de construção coletiva, de um projeto estratégico partidário, que o PT governou a cidade por 16 anos, inovando, criando e buscando a participação colletiva da cidadania neste processo de construção. Porto ALegre, em pleno período de implantação do neo liberalismo no Brasil, passou a ser identificada no mapa mundi como uma capital de elaboração de políticas que de fato beneficiavam a cidadania. Este é portanto o tempo de resgatar a história, mas também o tempo de elaborar as políticas da Porto Alegre do futuro. E é dificil imaginar Porto Alegre crescendo e avançando, se continuar gerida por interesses imobiliários que utilizam a cidade a seu bel prazer. É exemplo concreto a entrega do Cais do Porto a um Grupo Espanhol, que por conta da crise neo liberal instalada neste país, parece estar as portas da falëncia. As pantomimas e salamaleques midiáticos foram feitas, e no fim era só isto mesmo. E a tal revitalização ainda é só maquete a servir os interesses imobiliarios provavelmente a escusos financiamentos de campanha eleitoral. De outra parte, um acordo urdido nas sombras e bem longe do povo, parece sinalizar uma candidatura do poder midiático para o Governo do Estado em 2014. É bem sabido que os únicos governadores eleitos, que não tiveram a benção da RBS foram os eleitos pelo PT. Bem provável que seja exatamente por que o PT tem um projeto estratégico muito claro, o que nunca aparece nos demais partidos.

Não tenho nenhuma dúvida que o povo sabe o que o PT representa. E os portoalegrenses que sabem disto, o verem Villaverde associado a este projeto estratégico, que mexe com a história e faz acontecer as mudanças que erradicará definitivamente a pobreza e colocam o Brasil entre as maiores economias do mundo. Regularizaçáo fundiaria definitiva, freio na ganäncia imobiliaria que assola a cidade, mobilidade urbana que pense no cidadão e não só nos carros, uma saúde com postos de saúde funcionando sem fechar em feriados e domingos, algo óbvio, mas náo cumprido em Porto Alegre. Diga-se aliás, que a cidadania ainda não recebeu uma explicação clara sobre o escändalo recente, havido na área da saúde, na atual gestão(governo Fogaça-Fortunati), que culminou com o assassinato do Secretario Municipal da Saude. Nos bairros e no centrro Saúde mal cuidada, calçadas mal cuidadas, pedestres e ciclistas sendo atropelados, falata de creches, moradores de rua perambulando sem eira nem beira, inferninhos dominando o centro histórico e tirando noites de sono dos moradores…Nos ultimos 8 anos a repetição. É o tempo de Porto Alegre resgatar a auto estima e o referêncial politico mundial que conquistou pelas boas práticas e programas politicos nas gestões do PT na cidade, este PT que tem a simpatia da maioria da populaçcão porto alegrense, gaúcha e brasileira.

Mas assim como em Porto Alegre, as eleições estáo mostrando cabalmente que o atual modelo de organização politico partidária e eleitoral esta superado. É preciso revigorar a força dos partidos políticos e as opções ideológicas que façam em seus programas. A Reforma política se faz urgente e necessária. O PT, para além de eleger seus Prefeitos, o que é fundamental para aprofundar o Projeto em construçáo no país, precisa fazer juz a esta imensa parcela da população gaucha e brasileira que acredita no PT como indutor das mudanças e propor uma Constituinte Soberana e de preferëncia exclusiva para debater com o povo as mudanças.

About these ads

4 Responses to “Fortunati, Manuela e a Força da imagem do PT”


  1. 1 Geovani Mahado julho 21, 2012 às 5:33 am

    Caro amigo, boas as tuas argumentações. No entanto não esqueça que o PCdoB, há anos viveu sob a força bruta da ditadura militar. Você bem sabe disso e que, somente agora, tardiamente o PCdoB se lançou a projetos eleitorais mais ousados, lançando suas lideranças ( que não tem somente nomes…tem histórias também…a história das lutas e das pessoas não coeçou com o PT, embora este seja fruto destas histórias e lutas). E, por ser um partido que tardiamente se lançou não conseguiu ainda capitalizar o eleitorado e a opinião da esquerda que está consolidada no PT. O fato é que desde 89 ( e bem antes disto, no dia a dia das lutas sociais) o PCdoB foi e é um aliado histórico e estratégico do PT e durante estes anos todos fiou atrelado ao PT, ao 13 do PT, e não apareceu, confundiu-se com o PT – que é um aliado importante, portanto não integra uma tendência interna do PT…é um partido político, e como o PT também almeja sonhos, perspectivas, projetos. Infelizmente ( ou felizmente) a dinamicidade da luta as vezes nos coloca em disputas pontuais diferentes ( em sindicatos, associações de moradores, diretórios acadêmicos, etc…e nas eleições, porque haveria de ser diferente?) A conjuntura política de Porto Alegre nos permite acreditar que Manuela é a alternativa de esquerda capaz de enfrentar o outro pólo que está no jogo. E você sabe disso. Vlla é um grande companheiro. No entanto não é, pelo menos por enquanto o nome que possui a capacidade de aglutinação. Aqui temos que ser bem pragmáticos, afinal em eleições tão duras, como temos no Brasil, não dá para dar chances aos inimigos. Não é verdade que somente o PT tem projeto para o Brasil, para uma nova sociedade. Existe vida inteligente, sonhodora e ousada fora do PT, sabia companheiro? Mas, enfim, cada um deve puxar a sardinha para o seu assado. Uma coisa realmente há convergência com tuas opiniões: é necessário uma reforma política que fortaleça as instituições democráticas – os partidos políticos fazem parte deste jogo. Não dá para esquecer meu camarada, que o PCdoB está aliado ao PT em importantes capitais e em uma centena de cidades…será que nestas cidades, o nome das pessoas, a história das pessoas ( afinal são elas que materializam um partido) também não conta? Boa luta e abraço
    Geovani Mahado – Gravataí

    • 2 luizmullerpt julho 21, 2012 às 9:08 am

      Giovani
      Concordo contigo quanto a história do PCdoB na luta contra a ditadura, embora eu sempre tenha divergido dos métodos do mesmo. Métodos estes que estão associados a uma tradição internacional que não concordo de jeito nenhum. Quem considera a Coréia do Norte um baluarte da democracia e representação do socialismo definitivamente tem conceitos bem diferentes de mim e dos socialistas que ajudaram a construir o PT. Estes métodos acabam turvando a visão quando se trata de um episódio eleitoral. As eleições não são um fim em si. A militância do PT, inclusive aqueles que entendiam que em Porto Alegre era possível uma articulação com o PCdoB, ficaram escandalizados ao ver Manuela fazer um pacto não com o PP, que seria compreensível taticamente para alguns, mas pelo acordo feito com Ana Amélia, que não é do PP, mas sim da RBS e do agronegócio. Da RBS, assim como já haviam sido Brito, Rigotto e Fogaça. A RBS que sempre atacou o PT e seus governos em todo o Rio Grande. E [e te todos sabido que Ana Amélia ~e candidata a Governadora em 2014. Esta sim tem visão estratégica: quebrar a esquerda. E tem gente que cai nesta esparrela só pela possibilidade de uma eleição. Ana Amélia fez aqui exatamente o contrário que Lula fez em São Paulo. Quando Lula entabulou o acordo com Maluf, a conta menor era o número de votos que pudesse trazer, mas sim provocar baixas na trincheira adversária. Quem já leu Sun Tzu, sabe do que estou falando. E Ana Amélia fez isto no Rio Grande. Do ponto de vista da tática, rendeu e renderá boas fotos para a Manuela na Zero Hora. Do ponto de vista estratégico, de longo prazo, abriu um rombo na esquerda para a disputa da eleição para o Governo do Estado, já que Ana Amélia será adversária do PT em 2014. E na política ninguém apoia ninguém “de graça”. Então, qual teria sido a troca para que Ana Amélia se colocasse contra inclusive a posição do partido pela qual se elegeu senadora?
      Saudações companheiro. Muito obrigado por comentar e debater o tema. A construção do socialismo com certeza se faz com muito debate e participação democrática dos militantes e da sociedade, o que as vezes falta a partidos que entraram numa ciranda eleitoral sem fim, repetida de 2 em 2 anos, e o que fala mais alto é a imagem e o marqueting, que exige recursos financeiros astronômicos, e aí quero te dizer, nem o PT escapa.

  2. 3 Jandir Rocha julho 26, 2012 às 5:30 am

    Luiz em 2005 quando a mídia golpista e a direita tentaram dar um golpe no Presidente Lula do PT, o PCdoB e seus militantes foram os primeiros a sair às ruas em defesa do governo e da democracia. Governo que concretizava a vitória que desde 89 lográvamos, governo que ajudamos a construir. Na ocasião vi muitos petistas, de simpatizantes a dirigentes, caírem na armadilha. Muitos saíram do PT, outros tantos fizeram coro com a mídia e a direita. O PCdoB não pestanejou em sustentar e fortalecer o Presidente Lula. A UJS construiu o FICA LULA, organizando grandes passeatas por todo o Brasil: Lula ficou por 8 anos e fez um ótimo governo.
    A aliança com Ana Amélia é tão necessária quanto a aliança com o Maluf em São Paulo. Aliás aliança na chapa em que PT é o nome com Haddad e PCdoB é vice com Nadia Campeão. Em Salvador a chapa também é PT+PCdoB (Nelson Pelegrino e Olívia Santana).Talvez se a doença do hegemonismo não fosse crônica não precisasse o PCdoB se aliar com o PP. Mas como a política é dinâmica, o PP também é base que sustenta o governo Dilma, do PT. Por tanto sejamos mais respeitosos com a história dos partidos que sempre construíram a democracia, reconheçamos as contribuições dadas à nação. Tiremos a venda dos olhos. Na conjuntura atual, Manuela é a alternativa de esquerda para que retomemos as rédeas da cidade. Uma pena PCdoB e PT não estarem juntos nesse primeiro momento, mas acredito que no segundo turno estarão. Não cabe a petistas orquestrarem ofensas contra seus aliados comunistas, aliados históricos que caminham juntos desde 1989. um abraço fraterno.

    • 4 luizmullerpt julho 27, 2012 às 2:19 am

      Jandir

      Primeiro, a Ana Amélia não é do PP, é do PRBS, correspondente local do PIG. O Maluf é e sempre foi do PP e dos demais partidos que deram origem ao PP. Tem portanto vincculo ideológico com um partido. O Maluf não esta na Chapa e nem é o candidato a governador contra o PT em 2014. A Ana Amélia É. Então não mistura alhos com bugalhos, embora os dois fedam. Por outro lado, em várias cidades o PCdoB lançou candidatos contra o PT. Também é um direito. Assim como é direito meu criticar. Mas pior do que tudo isto, foi esta iniciativa de colocar os dirigentes comunistas da UNE a tirarem fotografia com o Serra e com o ACM neto. Ana Amélia, expoente do Agro Negócio, adversária explicita da agricultura familiar, Serra, ACM…Bah! Vocês já tem bastante fotografias pro álbum.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Luiz Müller

Twitter


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.345 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: